Política de cidadania no governo Lula. Ações de transferência estatal de renda: o caso do Programa Bolsa Família

Walquiria Domingues Leão Rego

Resumen


O presente artigo pretende apresentar alguns resultados de uma pesquisa ainda em curso sobre os  efeitos  políticos  e  morais do  atual   programa  de  transferência  de renda –Programa Bolsa Família–  realizado pelo Estado brasileiro, no governo Lula, destinado às famílias muito pobres, tendo a titularidade do benefício conferida às mulheres.
Para expor os traços mais marcantes de semelhante processo político de inclusão social de parte signifcativa do país, divido a narrativa em três partes. Na primeira delas, apresento breves
considerações de ordem histórica para demarcar melhor a complexidade social, política e econômica que presidiram a formação da sociedade brasileira.
Na segunda parte do trabalho esboço o quadro teórico conceitual que inspira, preside e orienta a pesquisa e que servirá de referência à análise sociológica dos dados empíricos do referido programa.
Na terceira parte, discuto alguns aspectos da natureza da política estatal de transferência de renda, como seus dilemas e tensões constitutivos deste campo problemático que se encontra em processo de construção.

Palabras clave


transferência estatal de renda; bolsa família; pobreza; governo do presidente Lula; cidadania, gênero e democracia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35305/tyd.v0i20.52

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.





ISSN Digital: 1853-984X

ISSN Versión impresa 1666-0714

Temas y Debates
Facultad de Ciencia Política y Relaciones Internacionales - Universidad Nacional de Rosario

Contacto: temasydebates01@gmail.com
Riobamba 250 Bis, Monoblock 1, Planta Baja, Secretaría de Investigación y Posgrado, 2000 Rosario, Argentina